A importância da técnica do Mark up na definição do preço de produtos


dezembro 28, 2015 · admin

A importância da técnica do Mark up na definição do preço de produtos

Nem sempre sabemos calcular o preço de custo unitário do produto ou serviço que comercializamos, pois não consideramos todas as variáveis existentes que deveriam entrar na conta — impostos, custos fixos, insumos de produção, etc —, ou não utilizamos um método de precificação que nos permita ter o retorno com a margem de lucro desejada.

Felizmente, existem algumas técnicas e métodos para se calcular a precificação de um produto ou serviço, garantindo uma margem de lucro adequada. Uma delas é o Mark Up divisor e multiplicador. No post de hoje, você vai aprender mais sobre essa técnica e como usá-la a seu favor. Confira!

O que é e para que serve o Mark Up?

O Mark Up é uma técnica de precificação usada para calcular o preço unitário de um produto ou serviço em caso de novas aquisições para venda. Ou seja, é um método que trabalha com a base de custo. Por ser um método simples, baseado em um índice multiplicador ou divisor, é muito prático e por isso bastante utilizado.

Usar o Mark Up garante que o preço final do produto cubra todas as margens de custo fixos e variáveis, assim como uma margem de lucro adequada a cada produto. Isso permite um melhor gerenciamento e gestão de vendas, um mapeamento do lucro unidade a unidade e o estabelecimento de limites para possíveis descontos.

O que influencia no cálculo pelo Mark Up?

Para se realizar o cálculo pelo método Mark Up, primeiro é importante ter algumas noções de precificação, ou seja, a familiaridade com os conceitos de despesas fixas, despesas variáveis, margem de lucro estimada e preço de custo para definição do preço de venda.

Despesas fixas são todas aquelas que a empresa tem e não são agregadas diretamente ao valor dos produtos. São as despesas financeiras (impostos fixos como IPTU, contas, compras de materiais de escritório, etc), administrativas (necessárias para a administração e execução das atividades, como salários, por exemplo) e comerciais (marketing, publicidade, etc). Essas despesas circundam a atividade comercial e independem da quantidade de produto produzido ou vendido, mas devem ser contabilizadas.

Despesas variáveis são aquelas que dizem respeito ao produto ou serviço em si e variam de acordo com a venda, como comissões de vendedores e impostos sobre venda.

Custo direto, preço de custo ou custo de mercadoria vendida é o preço dos insumos e de produção do produto ou serviço.

Margem de lucro estimada é a margem que se deseja alcançar na venda do produto, ou seja, o quanto se supera os custos somados para que a empresa lucre.

Como realizar o cálculo do Mark Up?

Para se calcular o Mark Up, primeiro é preciso identificar os percentuais das despesas fixas (DF), despesas variáveis (DV) e o Lucro Presumido (LP).

Então, aplica-se esses percentuais no Mark Up divisor, na seguinte fórmula: 100/[100-(DV+DF+LP)].

Com base no resultado dessa fórmula se encontra o índice Mark Up multiplicador, que será multiplicado sobre o Preço de Custo ou Custo de Mercadoria Vendida (CMV) do produto para se encontrar o preço de venda dessa mercadoria para que possa valer a pena sua comercialização.

É importante observar que, pelo Mark Up, o Lucro Presumido nunca pode ultrapassar 100%, pois é um método que engloba os demais custos da empresa na revenda. O valor fica muito alto quanto mais perto chega disso. Por isso, o lucro esperado não é o mesmo que a comparação entre o preço de custo e o preço final do produto.

Um exemplo: um produto tem o preço de aquisição para a empresa de R$25. Sabe-se que as despesas fixas somam 5% no custo unitário, as despesas variáveis somam 10% e se quer um Lucro Presumido de 25%.

Aplica-se o Mark Up divisor: 100/ 100 – (5 + 10 + 25) = 100/60 = 1,67

O índice do Mark Up multiplicador encontrado é usado no Custo de Mercadoria Vendida: R$25 x 1,67 = R$41,66.

Ou seja, nesse caso, seu produto teria que ser vendido a R$41,66 para alcançar a margem de lucro estimada e superar os custos variáveis e fixos.

Achou essa técnica útil? Já a conhecia? Ficou alguma dúvida de como aplicá-la? Conte para a gente nos comentários!

Free Download WordPress Themes
Download WordPress Themes
Download Premium WordPress Themes Free
Download WordPress Themes Free
download udemy paid course for free
download mobile firmware
Download Nulled WordPress Themes
online free course

Conheça nossos E-books gratuitos