Conheça mais sobre as principais dúvidas em relação ao FGTS


abril 13, 2017 · admin

O FGTS é muito importante e todos as empresas devem ficar bem atentas. O empregador sempre precisa manter-se ligado a tudo o que envolve os seus colaboradores, afinal é o empregado um dos maiores responsáveis por fazer o negócio funcionar.

Com o crescimento da produção industrial, veio a necessidade de amparar e estimular o trabalhador nos momentos mais necessários.

O FGTS – ou Fundo de Garantia do Tempos de Serviço é algo que proporciona segurança ao trabalhador, pois é um recurso que fará parte do patrimônio dele.

Na contabilidade está inserido na Folha de Pagamento e é indispensável saber como calculá-lo corretamente.

Com o Fundo é possível viabilizar várias usabilidades, que iremos especificar mais à frente, no artigo.

Por isso é importante que o empregador entenda sobre tudo o que abrange o Fundo de Garantia, para não acabar com problemas trabalhistas na Justiça.

Então para ajudar nesse ponto, preparamos este artigo para esclarecer as questões que mais geram dúvidas sobre o FGTS.

 

Quem tem direito a receber o FGTS?

A dúvida não está somente na cabeça do empresário, mas também na do empregado.

Antes de outubro de 1988, o benefício era facultativo, mas à partir daí, todos contratos formais dos trabalhadores que forem regidos pela CLT – Consolidação das Leis do Trabalho – terão direito ao recebimento do benefício.

carteira-de-trabalho

Alguns outros tipos de trabalhadores também têm direito ao FGTS como, trabalhadores rurais, avulsos e atletas profissionais.

Desde o ano de 2015, os empregados domésticos passaram a ter o direito legal ao recebimento do Fundo de Garantia.

 

Conta ativa ou inativa? Como funciona esses tipos de contas do FGTS?

Quando o trabalhador está exercendo sua função profissional, dentro de uma empresa, é considerado alguém que tenha uma conta ativa.

Ou seja, a pessoa que estiver trabalhando atualmente terá depósitos na conta do FGTS mensalmente.

Já aquele profissional que não faz mais parte do quadro de funcionários é considerado detentor de uma conta inativa do FGTS, ou seja, não existem mais movimentações na conta, a não ser por conta da atualização de juros.

 

Quem deve depositar o FGTS e qual a forma correta?

O empregador ou o tomador de serviços deve depositar mensalmente, em uma conta ativa do trabalhador, a importância de 8% do valor de seu salário e não há desconto salarial.

No entanto, o percentual acima não se refere restritamente ao salário, mas também às horas extras, 13º salário, aviso prévio, férias e adicionais (noturno, insalubridade e periculosidade).

CTPS-fgts

O depósito deverá ocorrer até o dia 07 de cada mês. E o processo é feito em conta vinculada à Caixa Econômica Federal.

Se houver a necessidade do trabalhador se ausentar por conta de problemas de saúde, dentro de um período de até 15 dias, a empresa terá de continuar normalmente com os depósitos.

Para outros casos de ausência do trabalhador como, a licença maternidade e paternidade, licença para tratamento de saúde e o cumprimento do serviço militar obrigatório, a empresa é obrigada a manter os depósitos do FGTS em dia.

O empregador também deve informar mensalmente ao empregado sobre todos esses tipos de movimentações através do contracheque, holerite e afins.

Para o recolhimento mensal do Fundo de Garantia é usada a GRF – Guia de Recolhimento do FGTS, gerada pelo SEFIP – Sistema Empresa de Recolhimento do FGTS e da Previdência Social.

 

E aí? O que acharam da postagem? Foi útil para você? O que acha de deixar um comentário para a gente e nos ajudar a construir conteúdos melhores?!

 

Premium WordPress Themes Download
Download WordPress Themes
Download Premium WordPress Themes Free
Premium WordPress Themes Download
lynda course free download
download samsung firmware
Free Download WordPress Themes
free download udemy paid course

Conheça nossos E-books gratuitos