Como investir no Tesouro Direto?


dezembro 6, 2019 · admin

Muitas pessoas que estão começando a investir agora podem ter dúvidas quanto aos tipos de investimento e o que eles significam. Pensando nisso, esse artigo aborda alguns pontos importantes quanto aos investimentos no tesouro direto.

Para saber como investir no tesouro direto, primeiramente é preciso entender o que são os títulos públicos. Estes títulos são emitidos pelo governo federal e tem como função pagar e financiar suas obrigações básicas como saúde, sistema educacional e infraestrutura.

Ao comprar um título público é como se a pessoa emprestasse dinheiro para o governo.

Como investir no Tesouro Direto?

Como investir no tesouro direto – passo a passo

Existem duas formas de investir em títulos públicos. O primeiro método é através da participação em fundos especiais que realizam este tipo de transação. Nesta opção a compra é feita por um profissional.

A segunda maneira é investir na compra de forma direta, através da Secretaria do Tesouro, online, através de uma opção chamada Tesouro Direto.

Para que a pessoa possa fazer essa compra de forma direta ou por meio de fundos, é necessário ter CPF e cadastro em uma instituição bancária ou corretora habilitada a realizar operações no Tesouro Direto.

A corretora ou instituição bancária pede alguns dados pessoais e realiza a abertura de uma conta no nome da pessoa que deseja investir. O valor mínimo exigido para abertura da conta pode variar.

Quem escolhe investir de forma direta ganha uma senha que permite ter acesso às opções de operação pela internet.

Tipos de títulos públicos

Nos investimentos do tesouro direto em títulos prefixados o rendimento é determinado quando o investimento é realizado. No caso dos títulos pós-fixados a rentabilidade é associada a alguma taxa específica, como IPCA ou Selic.

Os títulos adquiridos possuem uma data de vencimento que indica o dia que o governo repassará ao investidor o dinheiro correspondente.

Caso seja interessante, o investidor pode fazer a negociação antes dessa data mas irá receber o valor do título naquele momento, que pode ser acima ou abaixo do estipulado para a data de vencimento.

Como o governo é o credor, o risco nesse tipo de investimento é considerado baixo.  No próprio endereço eletrônico do Tesouro Direto é disponibilizado um questionário para auxiliar novos investidores a escolherem qual o tipo de título mais se encaixa com os objetivos desejados.

Assim como em qualquer tipo de investimento, este tipo de operação também está sujeito ao pagamento de taxas.

Tesouro direto vale a pena investir?

Sim, segundo especialistas vale sim a pena investir no tesouro direto, uma vez que o risco é baixo e os rendimentos estão acima da inflação, mesmo que pequenos.

Uma dica é sempre tentar investir no tesouro direto através de instituições financeiras que não cobram taxa de juros para as aplicações. A algum tempo atrás os bancos maiores pediam taxas muito elevadas para intermediar esse tipo de operação.

Com a entrada em grande volume das pequenas instituições no mercado, muitas delas digitais, essas taxas diminuíram ou até mesmo desapareceram.

Quanto maior a taxa cobrada pelos bancos para intermediar o Tesouro Direto, menor os ganhos dos investidores. Em tempos de juros tão baixos, como os de agora, qualquer encargo cobrado pelas instituições financeiras faz a diferença.

A Vers contabilidade pode ajudar os investidores a potencializar seus ganhos e escolher o melhor investimento para seu negócio. Basta entrar em contato, acessar o site e os funcionários estarão prontos para sanar todas as dúvidas e questões pertinentes ao investimento no tesouro direto.

Download WordPress Themes Free
Download WordPress Themes
Download WordPress Themes Free
Free Download WordPress Themes
free online course
download mobile firmware
Free Download WordPress Themes
ZG93bmxvYWQgbHluZGEgY291cnNlIGZyZWU=

Conheça nossos E-books gratuitos